Anuncie Teu Website Pelo Melhor Gasto/proveito Da Web

27 Nov 2018 03:53
Tags

Back to list of posts

[[image http://justcreative.com/wp-content/uploads/2014/06/social-network-design-3-640x640.png"/>

<h1>Como Fazer Crepioca (a Melhor Do Universo!)</h1>

<p>Em tempos corridos, 2 anos &eacute; muito e, de l&aacute; para c&aacute;, mudou quase tudo no mundo social corporativo, com o foco de cada m&aacute;quina de pesquisa apontar milhares de hiperlinks para &quot;estrat&eacute;gias de m&iacute;dias sociais&quot;. Tantas que &eacute; muito descomplicado se perder logo no come&ccedil;o da busca por uma, efetiva, pra seu neg&oacute;cio.</p>

<p>Toda discuss&atilde;o (corporativa) seria social, naturalmente viral e os processos de neg&oacute;cio, internos e externos, realizados em comunidades nas m&iacute;dias sociais, inclusive -e principalmente- as formadas ou lideradas pelo neg&oacute;cio. Atingir esse n&iacute;vel, ou mesmo uns 2 ou 3 abaixo, n&atilde;o &eacute; acess&iacute;vel. Pode transportar anos, at&eacute; pelo motivo de redesenhar processos organizacionais para torn&aacute;-los sociais vai, na maior parte dos casos, entrar em choque com a m&aacute;quina (antissocial) da empresa. Uma briga entre comando e controle, quase a todo o momento muito bem definidos, e conectividade e intera&ccedil;&atilde;o para constru&ccedil;&atilde;o coletiva.</p>

<p>O efeito &eacute; famoso: corpora&ccedil;&otilde;es lan&ccedil;ando uma estrat&eacute;gia &quot;social&quot; enquanto pro&iacute;bem o exerc&iacute;cio de redes sociais pelos colaboradores no ambiente de trabalho, alegando que o &quot;social&quot; que promovem (para os outros) interfere na &quot;produtividade&quot; (dos seus). Podes at&eacute; ser que m&iacute;dias sociais tenham um impacto negativo em neg&oacute;cios onde as pessoas est&atilde;o mais interessadas nas fotos e nas fofocas do fim de semana do que nas metas da semana, m&ecirc;s ou ano.</p>
<ol>

<li>89: Quais s&atilde;o as melhores azeitonas, pretas ou verdes</li>

<li>4&deg; Elaborar Hotmail (Conta)</li>

<li>Usar elementos r&uacute;sticos pela decora&ccedil;&atilde;o</li>

<li>Mais lidas na semana</li>

</ol>

<p>A&iacute;, &eacute; prov&aacute;vel que o servi&ccedil;o n&atilde;o tenha sentido. Quem sabe as pessoas sejam apenas parte de um recurso, que n&atilde;o se conhece pra onde vai nem se chega em um recinto, qualquer local. A&iacute; que a &quot;estrat&eacute;gia social&quot; da maioria das organiza&ccedil;&otilde;es &eacute; de oferecer pena. Em quase todas, &eacute; s&oacute; um &quot;goste de mim&quot; em uma rede social. Como se social fosse unidirecional, por sinal.</p>

<p>Twitter salvasse o neg&oacute;cio. Ainda s&atilde;o poucos e raros os casos em que h&aacute; uma tentativa sincera e articulada de usar m&eacute;todos, processos, arquiteturas e sistemas sociais para agregar valor real aos compradores e aos fregu&ecirc;ses, inclusive os potenciais. E isso talvez pode ser mais acess&iacute;vel do que parece. Pergunte-se qual deveria ser a estrat&eacute;gia social do teu neg&oacute;cio e a resposta nunca estar&aacute; muito long&iacute;nquo destes 5Cs: gerar conex&otilde;es entre colaboradores, fregu&ecirc;ses e fregu&ecirc;ses. M&iacute;dias sociais verdadeiras cortam assimetria de detalhes, e isto, na pr&aacute;tica, aproxima pessoas.</p>

<p>Ou, de modo mais ampla, todo tipo de agente, inclusive no mercado. Mais conectividade, pra mais intera&ccedil;&atilde;o e consequente constitui&ccedil;&atilde;o coletiva de discernimento, aproxima tudo e todos, pra melhor ou pra pior. Se sua oferta de valor, para teu mercado, &eacute; verdadeira, conecte-se a tudo e a todos, inclusive internamente, eliminando as restri&ccedil;&otilde;es de acesso &agrave;s redes sociais em sua empresa.</p>

<p>Mais um passo na dire&ccedil;&atilde;o certa. E depois que Zooropa noventa e tr&ecirc;s encerrar Bono imediatamente divulgou que esta turn&ecirc; s&oacute; acaba certamente depois que a banda tiver tocado nos 5 continentes. Resta assim sendo os pa&iacute;ses do Pac&iacute;fico - que eventualmente receber&atilde;o uma vers&atilde;o um tanto diferenciado da excurs&atilde;o ainda este ano - e Am&eacute;rica Latina.</p>

<p>Tanto os f&atilde;s de “Sunday Bloody Sunday” quanto os de “The Fly” ir&atilde;o estranhar. A nova parceria do U2 com Brian Eno - produtor que fez o estouro da banda de The Unforgettable Fire pra frente - vai mais long&iacute;nquo do que qualquer supergrupo agora foi. Zooropa, o disco, &eacute; a cara de Zooropa 93, a tour - uma superprodu&ccedil;&atilde;o que embaralha inteiramente o que se espera do U2 com o que o grupo espera de si mesmo.</p>

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License